.

Statement

Tenho interesse pelas excentricidades, por como o gosto, as cores, habitat, inconsciente e vivências diárias ou somatizadas interferem no meu processo artístico. Por um tempo em minha produção investiguei a essência dos meus gostos, a repetição de elementos intrínsecos, e suas possíveis associações e projeções no dia a dia.

Busco por um processo que não siga métodos ou técnicas específicas, onde a experiência do fazer aconteça sem mediação racional. Assim dou espaço para a subjetividade e experimentação acontecerem livremente. Quando uso uma referência fotográfica, ou imagem de uma memória, penso está como ponto de partida, tudo que já foi concreto em algum tempo (e)ou lugar pode ser resignificado, fragmentado, descontextualizado. Eu penso no fazer artístico como uma forma expandida de expressão, onde qualquer pessoa possa usar deste meio para assimilar o mundo e a si mesmo.

Bio

Nasceu em Linhares, ES. Vive e trabalha em Los Angeles, EUA. Bacharel em Artes Plásticas pela UFES, dedica-se à pintura e ao desenho. Tem interesse em investigar a subjetividade estética, personificação de referências, influências do habitat, e como o inconsciente se apresenta em sua produção artística. Natália Cavalcante foi selecionada para participar do Programa de Mentoria para Artistas Imigrantes no New York Foundation for Arts (NYFA) em 2014. Suas pinturas já foram exibidas em Los Angeles Notebook, Jacob’s West (2018), The Non-Objective Moment, Gallery 825 (2018), NYFA – IAP Benefit Exhibition (2017), MAES – Imaginar Geografias (2016), Lorimoto-Archimedes’ Bathtub (2015), Galeria Homero Massena – Base 2 plataforma de experimentação (2011); entre outros espaços sem fins lucrativos no Brasil.

obras

Edges, 2018-2020

Acrílica sobre tela, 25.4 cm x 20.3 cm