BERNADETE PANIZZA

Statement

Faço desenhos, utilizando para isso os materiais artísticos mais amigáveis que pude encontrar: papel e lápis de cor, grafite, às vezes aquarela.

Através deles, investigo o ambiente doméstico, minha própria feminilidade e intimidade, e também o desconforto, o silêncio e a solidão.

Bio

Bernadete Panizza é brasiliense, e formou-se em arquitetura e urbanismo pela Universidade de Brasília em 2009.

Em 2017, participou do curso de desenho e contextualização Procedência e Propriedade, com o professor Charles Watson, no Rio de Janeiro.

A partir de 2020, com o isolamento social decorrente da pandemia de coronavírus, iniciou uma prática regular de desenho, em sua maioria feito em lápis de cor sobre papel.

Essa prática ganhou visibilidade com a participação no primeiro ciclo do Baleia, projeto brasiliense de mapeamento, publicação e premiação de mulheres artistas visuais no DF e entorno, em zine denominada o Tempo Circular.

Agora, sua prática de desenho se expande e formaliza enquanto integrante do International Lab for Art Practices Brazil (ILAP BR), da Uncool Artist.

Atualmente está em transição para Portugal, onde em breve iniciará os estudos de mestrado em desenho pela Universidade de Lisboa.

 

obras

rio de lágrimas

21x29,7cm, aquarela sobre papel canson 300g, 2020