Statement

Imagino o meu trabalho como orgânico. Acredito que no momento em que vivemos a dissociação do que é humano e o que não é vem ocorrendo de forma cada vez mais rápida e estamos no processo de não reconhecimento do orgânico e da existência de sua realidade. Os meus trabalhos refletem a minha pesquisa sobre o visceral, o corpóreo e a sexualidade.

Busco associações e agrupamentos com esses três elementos, nos quais se montam e remontam em paisagens e relevos. Além disso, o mundo microscópico e celular toma forma com texturas irregulares e intensas que se emaranham em uma camada de formas animalescas.

Em seu cerne, meus trabalhos remetem ao corpo estranho, ao grotesco, ao ser queer na sociedade contemporânea.

Bio

Hanz Ronald nasceu no ano de 1996 e é natural de Ribeirão Preto (SP). Atualmente, reside e trabalha na cidade de São Paulo (SP), onde cursa Artes Visuais no Centro Universitário de Belas Artes de São Paulo. Sua pesquisa explora temas relacionados ao corpo e suas narrativas quanto ao ser queer na contemporaneidade, apresentando diferentes materialidades e linguagens. Mais recentemente, traz um apelo considerável ao tridimensional e às características performáticas, representações artísticas que culminam na tratativa do corpo queer como paisagem. Iniciou uma pesquisa acadêmica recente sobre o desenvolvimento da teoria e arte queer como tecnologia de possibilidades ao meio cis-heterossexual. Sua investigação artística explora desenho, pintura, gravura e escultura.

obras

I, da série Masculina

Óleo sobre tela. 30x30 cm, 2020