Statement

Acredito que somos mais que rostos, somos um todo com todas as suas subjetividades. Assim, recorro a figura humana de forma não literal. Minha principal matéria-prima é o cabelo Humano. Este  material orgânico e tão nobre, é com frequência associado à força vital, à carga genética e a memória e estes, são assuntos que permeiam minha pesquisa. E se apresentam ora, como desenhos expandidos, ora como pinturas ou ainda em paisagens abstratas, apropriando também da fotografia, vídeo e instalação. A partir desta matéria-prima  busco relações com o corpo, o tempo e também meus afetos.

Bio

A narrativa que se segue norteia o processo criativo, os procedimentos artísticos, os materiais não convencionais e configurações de poéticas visuais da pesquisa que foi iniciada em território acadêmico, na Faculdade de Artes Visuais em Goiânia no final do período de graduação. Em 2015, após um longo período dedicado a arte educação, faz um acompanhamento artístico na cidade de Anápolis-GO, o qual instigou seu interesse pela investigação do processo criativo em arte contemporânea, retomando sua pesquisa. Desde então, participa de grupos de estudos, acompanhamento artístico, exposições coletivas, salões de arte. Em 2019 realiza sua primeira individual em sua cidade natal, onde apresenta ao público suas narrativas poéticas  que derivam do tempo, da memória, do corpo e dos afetos. A medida que se aprofunda em seus estudos, surgem novos desdobramentos da matéria orgânica com que trabalha, que é o cabelo humano.  Sua produção segue representada por séries como: autorretratos, Retratos, Retratos Anônimos, Paisagens e Pinturas. Porém esses desdobramentos ganham novas camadas com experimentações como em vídeos performances e instalações. 

OBRAS

Álbum de Família. 2019. ​

Dimensões variáveis. ​ Mechas de cabelos hidratados sobre papel algodão. Foto: Felipe Leite.